Últimas Notícias
Hospital de Clínicas, em Belém, oferece cursos de formação em saúde com certificação internacional; confira calendário
Dirigentes do Remo teriam procurado atleta do Águia antes da partida, revela executivo marabaense
Polícia Civil cumpre mandados de busca e apreensão contra receptação de celulares, em Marabá
Podzão debate empate do Paysandu e recuperação do Remo no Parazão; assista
Marcílio Dias x Vasco: onde assistir ao vivo e horário do jogo hoje (27) pela Copa do Brasil
Seduc divulga critérios para participação no programa ‘Bora Estudar’
PF captura três foragidos condenados por crimes sexuais no Pará
Em onda de violência, população do Equador sofre com abusos militares
Homem furta refletor de obra do BRT na BR-316, em Ananindeua; assista
Sebrae oferece capacitação a empreendedores do turismo local
Paysandu inicia venda de ingressos para partida contra o Castanhal, pelo Parazão
Joe Biden diz que informação sobre apoio de Taylor Swift é “confidencial”
FPF define data e horário da última rodada da primeira fase do Parazão; confira
Frutas brasileiras previnem doenças crônicas e problemas no intestino, diz estudo
BR-316 passa por intervenções nos dois sentidos da via até a próxima sexta (1º); veja as alterações
Next
Prev

Após duas recusas, Corinthians vai atrás de Sylvinho para ser o novo técnico

Depois de ouvir o "não" de Renato Gaúcho e do uruguaio Diego Aguirre para o cargo de treinador, o Corinthians já iniciou negociações com um novo nome. É o treinador Sylvinho, que foi auxiliar-técnico da seleção brasileira e dirigiu o Lyon, da França, em 2019. Os primeiros contatos foram feitos ainda neste sábado, 22, e o treinador deu "ok" para a continuidade das conversas.

Sylvinho foi o último brasileiro a treinar um time das principais ligas europeias. Os defensores da contratação argumentam que o ex-atleta do clube tem perfil de estudioso e atualizado, com experiência na Europa e na Seleção Brasileira. Sylvinho seria o treinador nos Jogos Olímpicos de Tóquio, mas aceitou o convite para trabalhar no futebol francês – ele acabou demitido do Lyon após 11 partidas.

Além disso, Sylvinho tem identificação com o Corinthians e conhece bem o futebol brasileiro – ele foi revelado pelo clube em 1994 e ficou até 1999. Sua passagem foi vitoriosa. Ele participou das conquistas de três Campeonatos Paulistas (1995, 1997 e 1999), uma Copa do Brasil (1995) e um Campeonato Brasileiro (1998).

O diretor de futebol Roberto de Andrade defende a contratação do jovem treinador. Quando ocupou o cargo de presidente, em 2016, ele tentou a contratação. A negociação não avançou porque ele estava terminando um curso da UEFA e tinha contrato com a Inter de Milão. O presidente Duílio Monteiro Alves avalia Sylvinho como um bom nome, mas tem dúvidas sobre a receptividade da torcida.

Mesmo com as recusas dos dois treinadores procurados para substituir Vagner Mancini, demitido após a eliminação no Campeonato Paulista, a diretoria decidiu manter os critérios de contratação. A diretoria não pretende fazer "loucuras financeiras", vai apostar na valorização das categorias de base e fazer contratações pontuais – apenas um ou dois reforços estão previstos. Essas são as bases das conversas com Sylvinho.

Faltando uma semana para o início do Campeonato Brasileiro – o time estreia no próximo domingo, diante do Atlético Goianiense -, a diretoria sabe que restam poucos dias para o novo treinador iniciar o trabalho. A intenção é definir a contratação nos próximos dias. Na quarta-feira, o Corinthians enfrenta o River Plate, do Paraguai, pela última rodada da fase de grupos da Copa Sul-Americana. O time não tem mais chances de classificação. O treinador interino é o analista de desempenho Fernando Lázaro.

*Com Informações Notícias ao Minuto

DEIXE SEU COMENTÁRIO

LEIA TAMBÉM