Últimas Notícias
Polícia prende um integrante de quadrilha que furtou mais de 20 cabeças de gado em Altamira
Negociações sobre acordo UE-Mercosul serão suspensas até eleições do Parlamento Europeu
Tornado atinge casas e provoca prejuízos em Alagoas
PRF apreende dez toras de madeira ilegal, em São Miguel do Guamá, nordeste paraense
Dinâmica da semana do BBB 24 tem Poder da Palavra; confira a agenda
Pep Guardiola expressa vontade de treinar seleção: ‘Gostaria de disputar uma Copa do Mundo’
Ex- Paysandu, atacante fecha com adversário do Remo na Série C de 2024
MP diz que crimes sexuais no Pará estão acima da média e nega tráfico de órgãos no Marajó
BBB 24: Marcus Vinicius fala sobre amor por Belém e revela novos planos para a carreira
Monica Iozzi detona Neymar por doar dinheiro a Daniel Alves: ‘nojento’; assista
Farinha está mais cara em Belém, e preço deve continuar subindo nos próximos meses, aponta Dieese
Saiba como não cair em golpe ao registrar marcas e patentes; assista
OAB-PA realiza ato público em apoio a advogada que se desentendeu com delegado, em Castanhal
Arouca x Famalicão: onde assistir ao vivo e o horário do jogo hoje (23/02) pelo Campeonato Português
Torcida do Remo pede ‘público zero’ contra o Águia, em meio crise
Next
Prev

BC vê potencial não realizado de portabilidade de crédito no Brasil

O Banco Central avalia que existe um potencial não realizado de portabilidade de crédito no Brasil. Em estudo publicado nesta terça-feira, 25, a instituição afirmou que existem hoje 18,9 milhões de tomadores de crédito consignado que pagam taxas de juros acima da média atual do mercado e, portanto, poderiam transferir sua operação para outra instituição, com custo menor. Estão na mesma situação outros 4,2 milhões de clientes bancários que financiaram veículos e 493 mil pessoas que fizeram crédito imobiliário.

Os dados fazem parte do estudo "Evolução da Portabilidade de Crédito no Brasil: comportamento e perfil", publicado nesta terça-feira. Ao tratar especificamente do crédito imobiliário, o BC pontuou que "não obstante a queda significativa das taxas e do grande crescimento nas operações de portabilidade, em dezembro de 2020 havia ainda 493 mil tomadores (saldo de R$ 63 bilhões) em operações com taxas de juros acima de 10% a.a., mais elevada que a taxa média de aproximadamente 7% a.a. praticada pelo mercado em 2020".

Para o BC, o potencial de portabilidade no crédito consignado e na aquisição de veículos é ainda maior.

"Nessas modalidades, respectivamente 47% e 28% dos tomadores (25% e 12% do saldo) ativos em dezembro de 2020 estão em operações com taxas de juros acima de 25% a.a., enquanto as taxas médias em 2020 foram de 19,7% e 19,3% a.a", informou o BC.

O estudo sobre portabilidade, que antecede a divulgação do Relatório de Economia Bancária (REB), em 7 de junho, está disponível no site do BC, no seguinte endereço na internet: https://www.bcb.gov.br/content/publicacoes/Documents/reb/boxesreb2020/boxe_2_evolucao_portabilidade_credito_brasil.PDF

Fonte: Notícias ao Minuto

DEIXE SEU COMENTÁRIO

LEIA TAMBÉM