Últimas Notícias
Dirigentes do Remo teriam procurado atleta do Águia antes da partida, revela executivo marabaense
Polícia Civil cumpre mandados de busca e apreensão contra receptação de celulares, em Marabá
Podzão debate empate do Paysandu e recuperação do Remo no Parazão; assista
Marcílio Dias x Vasco: onde assistir ao vivo e horário do jogo hoje (27) pela Copa do Brasil
Seduc divulga critérios para participação no programa ‘Bora Estudar’
PF captura três foragidos condenados por crimes sexuais no Pará
Em onda de violência, população do Equador sofre com abusos militares
Homem furta refletor de obra do BRT na BR-316, em Ananindeua; assista
Sebrae oferece capacitação a empreendedores do turismo local
Paysandu inicia venda de ingressos para partida contra o Castanhal, pelo Parazão
Joe Biden diz que informação sobre apoio de Taylor Swift é “confidencial”
FPF define data e horário da última rodada da primeira fase do Parazão; confira
Frutas brasileiras previnem doenças crônicas e problemas no intestino, diz estudo
BR-316 passa por intervenções nos dois sentidos da via até a próxima sexta (1º); veja as alterações
Ministro diz que é "falácia" envio de ativos russos para Ucrânia
Next
Prev

Brasil perde para Alemanha no Mangueirinho e dá adeus às Olimpíadas de Paris

Depois de ser perder pela Austrália e pela Sérvia, o Brasil chegou ao último jogo do Pré-Olímpico ainda com chances de carimbar o passaporte para Paris-2024. Para isso, precisava vencer a Alemanha por oito pontos de diferença, mas tudo ficou mais difícil com o péssimo começo em que o time chegou a estar perdendo por 11 a 0. Depois disso, lutou muito, teve Kamilla Soares, Damiris e Tainá Paixão como destaques, mas sucumbiu diante do adversário, que venceu por 73 a 71.

Com três derrotas em três jogos, a seleção brasileira se despede de Belém sem a vaga para Paris-2024.

O Mangueirinho pegou fogo e, em dois lances livres de Kamilla Cardoso, a diferença chegou a 65 a 61. O Brasil manteve a vantagem com uma jogada individual de Tainá Paixão, mas, quando o placar era de 67 a 63, Kamilla Cardoso cometeu a quinta falta e saiu do jogo.

Sem a pivô, a Alemanha virou o jogo de novo e num jogo emocionante até o final conseguiu vencer por 73 a 71 e garantir vaga pela primeira vez na história no basquete feminino dos Jogos Olímpicos.

Fonte: Portal Roma News

DEIXE SEU COMENTÁRIO

LEIA TAMBÉM