Últimas Notícias
Três pessoas são presas em operação contra o tráfico de drogas no Acará
Com bela atuação, seleção masculina derrota Sérvia por 3 sets a 1 na Liga das Nações de Vôlei
Noiva surpreende e distribui doces para alunos de academia em Capitão Poço, no Pará; assista
Departamento de Estado dos EUA aprova possível venda de helicópteros Black Hawk ao Brasil, diz Pentágono
Milton Neves se desculpa após postar foto fake de Jojo Todynho nua; ouça
Justiça concede divórcio de Ana Hickmann e Alexandre Correa
Polícia prende homem que atacou acampamento pró-Palestina por agressão
Jogador de destaque na La Liga atuou com caco de vidro no pé por dois anos; entenda
Aviões militares chineses cruzam Estreito de Taiwan, diz defesa taiwanesa
CRM anuncia 'medidas cabíveis' após médico expulsar mãe e filho autista de consultório em Belém
Copa América contará com mulheres no apito pela 1ª vez na história e terá 11 brasileiros
Paraense de Capanema compartilha vida no Japão e diferenças de preços em alimentação; assista
Conflito em Gaza: relembre propostas do Brasil para fim da guerra
CNU: adiamento da prova serve para focar na preparação, dizem professores
Embaixador brasileiro não voltará ao cargo após ser humilhado em Israel, diz Celso Amorim
Next
Prev

Chris Flores tenta reencontrar grávida de Taubaté e reportagem termina em agressão

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Responsável por desmascarar a pedagoga Maria Verônica Aparecida Santos, que ficou conhecida em 2012 como a falsa grávida de Taubaté ao fingir que gestava quatro crianças, a jornalista Chris Flores, 43, tentou promover um reencontro com ela, mas a reportagem terminou em agressão.

A tentativa de contato foi mostrada na manhã desta terça-feira (6) no programa do SBT Vem Pra Cá, sob o comando de Patrícia Abravanel. Quando a equipe de reportagem chegou à casa da mulher foi surpreendida por um homem que bateu na câmera e machucou a mão da repórter.

Olha só o que aconteceu! #VemPraCá pic.twitter.com/zu2PukNZUw

— Vem Pra Cá (@vempraca) July 6, 2021

Um dos dedos da jornalista sangrou e a equipe desistiu de tentar entrevistar Maria Verônica. O agressor é supostamente o marido dela. Ele entrou na casa momentos depois.

"Talvez, para ela, já esteja superado, mas o marido pode não ter superado ainda. Devem perguntar como ele não descobriu que a gravidez era falsa, devem acusá-lo de ser cúmplice. Deve ser difícil. A pessoa fica prisioneira da própria mentira", disse Chris ao lamentar o caso no palco.

Na ocasião, ela trabalhava no programa matutino da Record Hoje em Dia. Flores conta que desconfiou que o volume da barriga fosse um enchimento e disse para Maria Verônica que não acreditava nela. Dias depois, uma reportagem mostrou a farsa.

Na ocasião, Maria Verônica teve de doar para entidades assistenciais todos os presentes que tinha ganhado, como berços, roupinhas de bebês e itens de enxoval.

Até o ultrassom que costumava apresentar era uma cópia de outro exame na internet. Ela teria inventado a mentira para chamar atenção da família que se afastou dela depois de seu casamento.

Ré desde 2012 por suposto crime de estelionato, a pedagoga, na época com 25 anos, não foi punida pela Justiça. Em 2014, a 3ª Vara Criminal de Taubaté extinguiu o processo que ela e o marido, Kleber Vieira, respondiam.

Fonte: Notícias ao Minuto

DEIXE SEU COMENTÁRIO

LEIA TAMBÉM