Últimas Notícias
Seduc divulga critérios para participação no programa ‘Bora Estudar’
PF captura três foragidos condenados por crimes sexuais no Pará
Em onda de violência, população do Equador sofre com abusos militares
Homem furta refletor de obra do BRT na BR-316, em Ananindeua; assista
Sebrae oferece capacitação a empreendedores do turismo local
Paysandu inicia venda de ingressos para partida contra o Castanhal, pelo Parazão
Joe Biden diz que informação sobre apoio de Taylor Swift é “confidencial”
FPF define data e horário da última rodada da primeira fase do Parazão; confira
Frutas brasileiras previnem doenças crônicas e problemas no intestino, diz estudo
BR-316 passa por intervenções nos dois sentidos da via até a próxima sexta (1º); veja as alterações
Ministro diz que é "falácia" envio de ativos russos para Ucrânia
Suspeitos entram em academia para roubar aluno em Fortaleza (CE); veja vídeo
Internautas do Roma News apostam na saída de Rodriguinho do BBB24
Professor é morto a tiros ao desembarcar em rodoviária de Parauapebas
Athletic Club x Volta Redonda: onde assistir ao vivo e horário do jogo hoje (27) pela Copa do Brasil
Next
Prev

Cidade do Rio mantém proibição de eventos e funcionamento de boates

O município do Rio de Janeiro decidiu prorrogar, até 31 de maio deste ano, as medidas restritivas para conter a pandemia de covid-19. Segundo o decreto publicado hoje (20) no Diário Oficial do Município, continua proibido o funcionamento de boates, danceterias e salões de dança.

Também estão proibidos eventos, como festas e rodas de samba, em áreas públicas ou particulares e a entrada de veículos de fretamento (com exceção dos serviços regulares para empresas ou hotéis) no município.

As academias de ginástica e centros de treinamento podem manter suas aulas coletivas desde que cada pessoa tenha um espaço de quatro metros quadrados, ou seja, que esteja dois metros distante de outra pessoa.

Em bares e restaurantes, a distância entre as mesas é também de dois metros. Música ao vivo só está permitida até as 23h.

Estabelecimentos dentro de shopping centers e centros comerciais devem ter ocupação máxima de 40% em locais fechados e de 60% em locais abertos. Isso vale também para espaços culturais e de lazer, como museus, parques de diversão e cinemas.

*Com Informações Notícias ao Minuto

DEIXE SEU COMENTÁRIO

LEIA TAMBÉM