Últimas Notícias

Convocado para a Seleção Brasileira, meia Andreas recusou convite para defender a Bélgica

O meia Andreas Pereira, atualmente no Fulham, da Inglaterra, foi um dos convocados pelo técnico Dorival Júnior, nesta sexta-feira (1º), para os amistosos contra Inglaterra e Espanha, nos dias 23 e 26 de março, respectivamente. 

VEJA MAIS 



Lesionado, Richarlison comemora convocação para a Seleção Brasileira
Atacante sofreu lesão no joelho na manhã desta sexta-feira (1º), e pode ficar até quatro semanas fora dos gramados


image

Diretor da CBF explica convocação de Paquetá, investigado por envolvimento em esquema de apostas
Jogador não é chamado para defender a amarelinha desde junho do ano passado, quando enfrentou Guiné e Senegal.


image

Convocação da Seleção Brasileira: lista dos escolhidos de Dorival Jr. tem vários estreantes; confira
Seleção Brasileira enfrenta novos desafios com técnico interino após revés com Fernando Diniz. Primeiros amistoso serão nos dias 23 e 26 de janeiro

Novidade na Seleção Brasileira, o ex-Flamengo rejeitou o convite para defender a Bélgica em meados de 2023. Em entrevista ao ge, o belga-brasileiro que defendeu as seleções de base do país até o sub-15, contou ter recusado o convite na esperança de ser convocado novamente para a Seleção Brasileira.

“Eles me procuraram no início da temporada e perguntaram se eu estava disposto a ser convocado pela Bélgica, falaram com meu empresário também, e eu sempre deixei claro que o meu sonho é o Brasil. Meu sonho é defender a seleção brasileira, não mudou nada e não vai mudar”, disse o jogador. 

 

Além de defender a Seleção Bélgica até o Sub-15, em 2015, Andreas também atuou no grupo da Seleção Brasileira que ficou com o vice da Copa do Mundo sub-20. O atleta de 28 anos ainda foi chamado para o time principal da Amarelinha uma vez, por Tite, após a Copa do Mundo de 2018, nos amistosos contra Estados Unidos e El Salvador.

“Sou brasileiro, minha família é brasileira, e jogar em uma seleção só para dizer que joguei na seleção não faz sentido nenhum. Sou grato à Bélgica, por tudo que o país fez por mim, eu cresci lá, mas sou brasileiro e meu sonho é a seleção brasileira”, completou.

(Beatriz Moura, estagiária sob supervisão da editora web de OLiberal.com, Vanessa Pinheiro) 

Com Informações de O LIberal

DEIXE SEU COMENTÁRIO

LEIA TAMBÉM