Últimas Notícias
Caminhonete naufragada há dois meses é encontrada no Rio Xingu, no Pará
Ucrânia documentou mais de 300 casos de violência sexual das tropas russas
MP oferece denúncia contra PM da reserva que atirou em torcedor do Remo
Ministra da Segurança da Argentina visita maior presídio das Américas no Equador
Chefe da Otan quer armas nucleares de prontidão para se proteger de ofensiva da Rússia
Torneio ‘Amazônia Cup Internacional de Jiu-Jitsu’ reúne 2 mil competidores no Mangueirinho
Vídeo: Mbappé quebra o nariz durante jogo da Eurocopa
Paraense de oito anos celebra aniversário com tema de ‘Jacqueline Brazil’, repórter do tempo da TV Globo; assista
Luciano Huck critica PL do Aborto na TV e cobra Arthur Lira: ‘Criança não é mãe’
Filme live-action de Chico Bento ganha primeiro trailer; assista
Eleições na França: extrema direita lidera pesquisas de inteções de votos com 33%; Macron tem 19%
Ordem para matar PM em Ananindeua partiu de facção, diz PC
Trio é preso em flagrante suspeito de vários arrastões em Parauapebas
Suspeitos de envolvimento em plano de sequestro de Sérgio Moro morrem em penitenciária de São Paulo
Para fazer no frio: receita e benefícios do mingau de aveia proteico
Next
Prev

Daniel Alves é cortado da seleção, e Tite chama Emerson para as Eliminatórias

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O técnico Tite teve de fazer uma nova substituição em sua lista de convocados para as próximas partidas da seleção brasileira pelas Eliminatórias da Copa do Mundo, contra Equador e Paraguai. Nesta terça (25), o lateral Daniel Alves, do São Paulo, teve confirmada uma lesão e dará lugar a Emerson, do Bétis (ESP).

Em nota, a CBF afirmou que o jogador são-paulino foi "desconvocado devido a uma lesão no joelho direito e a impossibilidade de se recuperar a tempo para o período de treinos e jogos".

Seria o retorno do experiente atleta, de 39 anos, à seleção brasileira. A última vez que ele defendeu o país foi na temporada 2019. Naquele ano, foi capitão na conquista da Copa América disputada no Brasil.

Emerson, 22, foi convocado pela segunda vez. Ele estava na lista de André Jardine para os amistosos da seleção olímpica. Agora, deverá ser o reserva de Danilo, 29, da Juventus.

O jogador do time italiano foi titular nos quatro primeiros jogos do Brasil nas Eliminatórias. O time dirigido por Tite tem 100% de aproveitamento e lidera o torneio. O próximo compromisso será contra o Equador, no dia 4 de junho, em Porto Alegre. No dia 8, encara o Paraguai, em Assunção.

Em seguida, a equipe canarinho embarca para a Copa América. A estreia será no dia 14, contra a Venezuela, provavelmente na Argentina, já que a Colômbia, onde jogaria a seleção brasileira, deixou de ser sede em razão das agitações sociais.

O último compromisso da seleção foi há seis meses, no triunfo por 2 a 0 sobre o Uruguai, em Montevidéu, também pelas Eliminatórias.

Em março deste ano, a seleção brasileira deveria ter enfrentado a Colômbia e a Argentina, mas as rodadas foram canceladas pela Conmebol e pela Fifa por conta da pandemia e suas consequências, como o veto de clubes europeus à liberação de jogadores sul-americanos para suas seleções.

*Com Informações Notícias ao Minuto

DEIXE SEU COMENTÁRIO

LEIA TAMBÉM