Últimas Notícias

Dia da Pizza: Paixão mundial ganhou o coração dos paraenses

Um dos pratos mais amados no mundo é celebrado hoje – 10 de julho – com o Dia Mundial da Pizza. Este prato que nasceu na antiga cidade de Nápoles, na Itália, por volta do século XVII, ganhou centenas de países pela praticidade, diversidade e versatilidade. Em Belém, milhares de pedidos são feitos todos os dias, com um aumento significativo no final de semana. O paraense também deu sua contribuição e criou pizzas com sabores especiais, sendo o mais conhecido o de camarão com jambu.

O gerente de uma rede de pizzarias de Belém, William Veronese, de 38 anos, que é descendente de italianos, acredita que a pizza se popularizou pelas suas características. “Tem vários motivos para isso. Primeiro, ela tem uma base que é o trigo, que foi uma das primeiras culturas [criadas] dos seres humanos. Tem uma infinidade de sabores, cada lugar e cada região tem a sua peculiaridade. Tem também a questão de ser de um elemento de união, de confraternização. Quem nunca pediu uma pizza para comemorar uma data específica?”, assegura. “E também a questão dela ser encontrada em vários lugares, você tem pizza em aeroportos, faculdades, colégios, foodtrucks, em comércios locais e com vários preços”, complementa.




Sabor paraense camarão com jambu conquistou os consumidores em Belém. (Cristino Martins / O Liberal)

A unidade da rede de pizzarias, localizada na avenida Rodolfo Chermont, no bairro da Marambaia, entrega pedidos todos os dias. Durante a semana são aproximadamente 250 feitos. Esse total dobra aos finais de semana, de sexta-feira a domingo. A maioria das vendas são pelo delivery, por aplicativos de entrega de comida ou diretamente para a pizzaria. Os sabores variam desde os tradicionais como mista, calabresa, portuguesa, marguerita, e muçarela até a chamada paraense de camarão com jambu, ingredientes genuinamente do Estado. As pizzas doces também são uma opção, principalmente nos combos.

Para dar conta dos pedidos, a produção começa às 16h, quando a equipe chega para trabalhar. Graças a esse prato italiano naturalizado brasileiro, atualmente 80 pessoas estão empregadas com funções como pizzaiolo, garçom, entregador, atendente e serviços gerais. Apesar de estar aquecido com oportunidades para todos, o mercado já esteve melhor. Durante a pandemia de Covid-19, enquanto todos os outros negócios fechavam, as pizzarias se expandiam. Agora rede planeja abrir uma nova unidade na avenida Doca de Souza Franco com um espaço voltado para as famílias, associado a brinquedos para crianças e uma carta de vinhos para os casais.

As pizzas podem ser encontradas por toda a Belém. De diferentes sabores, preços, tamanhos e formatos. Além das pizzas tradicionais redondas, a capital paraense também possui as chamadas “pizzas de metro” variação conhecida por ser muito grande e servir grandes grupos de pessoas.

Segundo William, o segredo por trás de uma boa pizza é a qualidade dos ingredientes. Para produzi-las as massas são feitas no dia anterior e colocadas para descansar. Para dar conta dos pedidos são produzidos 100 kg de massa todo o dia. “A gente faz a massa, ela descansa por um dia. Ela leva trigo, fermento, açúcar, sal e outras coisas da casa. Depois de um dia fermentando é aberta, vai um molho de tomate por cima, queijo e aí vem os outros ingredientes de cada sabor”, ensina. “O segredo está por trás. Sempre melhorar a massa, a qualidade dos ingredientes com eles os mais frescos possíveis”, confessa.

Com Informações: O Liberal

DEIXE SEU COMENTÁRIO

LEIA TAMBÉM