Últimas Notícias

Dia dos Namorados é a melhor data para faturamento de sex shops em Belém

Uma das ideias para os namorados e namoradas curtirem o 12 de Junho é presentear a pessoa amada com artigos eróticos. A menos de uma semana para a data de maior faturamento do ano no nicho, proprietários de sex shops em Belém aguardam pelo impulsionamento de até 70% nas vendas, na comparação com o restante do ano. Quem consome esses produtos garante que se trata de um investimento recompensador. 



Erveiras do Ver-o-Peso ensinam simpatias para arrumar um amor até o Dia dos Namorados
Confira dicas de atrativos para quem ainda tem esperança de encontrar um amor para comemorar o dia 12 de Junho


image

Dia dos Namorados: confira dicas de presentes para os casais apaixonados pela cultura geek
Lojista do segmento afirma que nesta época do ano as vendas aumentam de 40% a 50%.

A empresária Alessandra Almeida, 48, abriu sua loja de artigos eróticos na capital paraense em 2007. O negócio começou online para atender à demanda de clientes que tinham vergonha de ir presencialmente a uma sex shop; mas hoje em dia, tanto a loja física, quanto a virtual possui uma clientela fiel — inclusive de outros estados. Segundo a empresária, o Dia dos Namorados é a data de maior faturamento do ano inteiro, seguido do Natal.

“Os três dias que antecedem o Dia dos Namorados são bem mais movimentados. Normalmente, tem um aumento de 20% a 30% nas vendas”, informa a empresária. Ela diz que os cosméticos (geis, óleos) são o carro-chefe nas vendas, assim como brinquedos que podem ser controlados, inclusive, à distância. O mais caro deles custa R$ 900: um vibrador flamingo, que funciona por controle remoto.


image


A empresária Alessandra Almeida, 48, em sua sex shop no bairro de Nazaré, em Belém (Foto: Thiago Gomes | O Liberal)

O empresário Fábio Farias, 27, possui há dois uma sex shop delivery, que atende somente de forma online. “Alguns dos nossos produtos são: excitantes, que variam entre R$ 10 e R$ 75; lubrificantes de R$ 15 a R$ 59; e fantasias a R$ 40. Em comparação com o restante do ano, a expectativa é um aumento de 30% nas vendas na véspera e no Dia dos Namorados 2024, e de 35% no pós Dia, entre os dias 13 e 16 de junho”, afirma. Segundo Fábio, este ano, o movimento está mais aquecido do que na mesma data, em 2023.

Uma das estratégias da empresária Marisa Martins, 53, é montar kits de produtos, conforme a preferência dos clientes, para aproveitar a época mais vendável. Marisa possui uma sex shop localizada no bairro de Nazaré há três anos, e diz que os itens mais procurados são: o Combo do Amor (R$ 100); lingeries (de R$ 50 a R$ 200); e vibradores (de R$ 50 a R$ 300).

Investimento na relação

A recepcionista Roana Miranda, 32, é uma das consumidoras belenenses de produtos eróticos. “Ainda vou na loja; pretendo comprar uma lingerie para aproveitar o dia com minha namorada. Gosto muito dos produtos, só melhora o que já é bom”, garante Roana, que há cinco anos adquire, regularmente, produtos de sex shop.

Uma das sugestões da consumidora é experimentar a variedade de sabores de óleos beijáveis: caipirinha, leite condensado, morango, gim etc. “Eles são excelentes para o sexo oral: esquentam na pele, gelam na boca e o valor é R$ 10. Então, é um preço bem em conta. Vale muito à pena a gente investir em nosso relacionamento”, avalia.

Com Informações de O LIberal

DEIXE SEU COMENTÁRIO

LEIA TAMBÉM