Últimas Notícias
Polícia prende um integrante de quadrilha que furtou mais de 20 cabeças de gado em Altamira
Negociações sobre acordo UE-Mercosul serão suspensas até eleições do Parlamento Europeu
Tornado atinge casas e provoca prejuízos em Alagoas
PRF apreende dez toras de madeira ilegal, em São Miguel do Guamá, nordeste paraense
Dinâmica da semana do BBB 24 tem Poder da Palavra; confira a agenda
Pep Guardiola expressa vontade de treinar seleção: ‘Gostaria de disputar uma Copa do Mundo’
Ex- Paysandu, atacante fecha com adversário do Remo na Série C de 2024
MP diz que crimes sexuais no Pará estão acima da média e nega tráfico de órgãos no Marajó
BBB 24: Marcus Vinicius fala sobre amor por Belém e revela novos planos para a carreira
Monica Iozzi detona Neymar por doar dinheiro a Daniel Alves: ‘nojento’; assista
Farinha está mais cara em Belém, e preço deve continuar subindo nos próximos meses, aponta Dieese
Saiba como não cair em golpe ao registrar marcas e patentes; assista
OAB-PA realiza ato público em apoio a advogada que se desentendeu com delegado, em Castanhal
Arouca x Famalicão: onde assistir ao vivo e o horário do jogo hoje (23/02) pelo Campeonato Português
Torcida do Remo pede ‘público zero’ contra o Águia, em meio crise
Next
Prev

Governo do MA diz que novos testes não identificaram propagação da cepa Indiana

O governador do Maranhão, Flávio Dino, disse na tarde desta quinta-feira, 27, pelo Twitter que os funcionários do hospital privado e do hotel que tiveram contato com o paciente infectado com a variante B.1.617, originada na Índia, não contraíram a nova cepa do coronavírus.

No tweet o governador afirma que "não há cepa indiana em transmissão local no Maranhão, no momento".

O paciente indiano, de 54 anos, deu entrada em um hospital da rede privada em São Luís no dia 14 de maio. Segundo o governo do Maranhão todos os profissionais em contato com o paciente foram testados e estão sendo monitorados.

Segundo o secretário de Saúde do Estado, Carlos Lula, foram rastreadas e testadas 147 pessoas que tiveram contato com o paciente, das quais seis testaram positivo para Covid-19 e tiveram amostras enviadas ao Instituto Evandro Chagas. Após análise, o Instituto detectou a P.1, variante brasileira, como a verificada nas amostras, ou seja, nenhum dos profissionais que tiveram contato com a nova variante a contraiu.

O Rio de Janeiro também já confirmou um caso da cepa B.1.617 do coronavírus. O paciente tem 32 anos e é morador de Campos dos Goytacazes. Além do Rio de Janeiro, também há suspeitas de infecção pela nova cepa no Ceará, no Pará e no Distrito Federal – além do Maranhão, onde já há casos confirmados de infecção pela mutação, além do homem internado, ao menos seis tripulantes que permaneceram no navio MV Shandong da Zhi que veio da África do Sul, diagnosticados com covid-19, também confirmaram a variante indiana do coronavírus.

*Com Informações Notícias ao Minuto

DEIXE SEU COMENTÁRIO

LEIA TAMBÉM