Últimas Notícias
Jovem atacada com soda: saiba os perigos do ácido e o que fazer em caso de intoxicação
Tensão pós-enchente: especialista aponta risco de aumento de criminalidade no RS
Antônio de Oliveira, Elói Iglesias e Belém de Belém celebram o Norte e lançam ‘Eu Quero Ver No Pará’
Três pessoas são presas em operação contra o tráfico de drogas no Acará
Com bela atuação, seleção masculina derrota Sérvia por 3 sets a 1 na Liga das Nações de Vôlei
Noiva surpreende e distribui doces para alunos de academia em Capitão Poço, no Pará; assista
Departamento de Estado dos EUA aprova possível venda de helicópteros Black Hawk ao Brasil, diz Pentágono
Milton Neves se desculpa após postar foto fake de Jojo Todynho nua; ouça
Entenda quais são as medidas que o Tribunal da ONU emitiu para Israel
Justiça concede divórcio de Ana Hickmann e Alexandre Correa
Polícia prende homem que atacou acampamento pró-Palestina por agressão
Jogador de destaque na La Liga atuou com caco de vidro no pé por dois anos; entenda
Aviões militares chineses cruzam Estreito de Taiwan, diz defesa taiwanesa
CRM anuncia 'medidas cabíveis' após médico expulsar mãe e filho autista de consultório em Belém
Fátima Bernardes desabafa e rebate crítica após criar canal no YouTube; assista
Next
Prev

Islândia: Semana de trabalho com quatro dias foi um "sucesso"

Os testes da semana de trabalho de quatro dias na Islândia foram um "sucesso esmagador", anunciaram os investigadores, no início desta semana. Além disso, a medida está já produzindo alterações nos padrões de trabalho, de acordo com a BBC.

Durante o período experimental, que se realizou de 2015 a 2019, foi pago o mesmo aos trabalhadores por trabalharem menos horas. O que aconteceu? Conta a BBC que a produtividade se manteve ou até melhorou na maior parte dos locais de trabalho.

Os funcionários passaram a trabalhar entre 35 a 36 horas por semana, distribuídas por quatro dias úteis.

Há outros países no mundo que estão testando este modelo de trabalho, como por exemplo Espanha e Nova Zelândia. Na Espanha, está em andamento um projeto-piloto para avaliar a viabilidade deste regime.

Este teste na Islândia contou com a participação de cerca de 2.500 trabalhadores da capital islandesa, em Reiquiavique. Este número equivale a cerca de 1% da força de trabalho do país.

Fonte: Notícias ao Minuto

DEIXE SEU COMENTÁRIO

LEIA TAMBÉM