Últimas Notícias
Homem é preso suspeito de transportar entorpecentes dentro de rede, em Juruti
Tornado nos EUA mata cinco e devasta estado de Iowa
Petrobras: Comitê de Pessoas diz que Magda Chambriard preenche requisitos para comandar empresa
Em Belém, Alckmin anuncia que ‘Brasil será oitava economia do mundo até o fim de 2024’; assista
Demapa investiga morte de 7 gatos por suposto envenenamento em Belém
Devotos lotam Paróquia em celebração de Santa Rita de Cássia no bairro de Canudos, em Belém; assista
Egito ameaça deixar de ser mediador de acordo para cessar-fogo em Gaza
Marido de cantora gospel brasileira é preso nos EUA por abuso sexual contra criança 
Com mudanças na defesa, Paysandu está escalado para a final da Copa Verde contra o Vila Nova-GO
Alepa aprova Projeto que altera o Programa Estadual de Transporte Escolar no Pará
Mortos pela chuva no RS chegam a 162, diz Defesa Civil
Paysandu faz 3 a 0 no Vila e encaminha tetra da Copa Verde; acompanhe
Ensaio da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos é adiada por causa da elevação do rio Sena
Pará registra redução de 10% nos casos de violência doméstica nos primeiros quatro meses de 2024
Banda mexicana RBD se pronuncia sobre caso de desvio de dinheiro em turnê
Next
Prev

‘Mais uma saudade que não vai passar’, diz Bruno Mazzeo sobre morte do irmão

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Bruno Mazzeo, 44, lamentou a morte de seu irmão Cícero Chaves de Paula, que ocorreu na madrugada de domingo (4). "Mais uma saudade daquelas que sei que não vai passar e com a qual vou ser obrigado a conviver. A vida nem sempre (ou quase nunca) faz sentido", escreveu o ator e humorista no Instagram.

Notícias ao Minuto [Legenda]© Instagram – @eumazzeo

Filho do humorista Chico Anysio (1931 -2012) com a ex-Frenética, Regina Chaves, o produtor fonográfico e DJ tinha 39 anos e a causa da morte não foi divulgada até a conclusão deste texto.

Nas redes sociais, Mazzeo também publicou algumas fotos ao lado do irmão. "Ficamos por aqui, tentando não entendê-la [a morte], mas levá-la da melhor forma possível, emanando sempre o bem, o amor, porque nunca sabemos o dia de amanhã", afirmou ele.

Mazzeo disse que também era padrinho de Cícero. "Fico com a dor de saber que nunca mais vou ouvir a sua voz, já grossa, me chamando de 'dindo'. Descansa, Cícero. Que, a essa hora, já deve estar no colo gostoso do nosso papai. Até um dia."

Fonte: Notícias ao Minuto

DEIXE SEU COMENTÁRIO

LEIA TAMBÉM