Últimas Notícias
Negociações sobre acordo UE-Mercosul serão suspensas até eleições do Parlamento Europeu
Tornado atinge casas e provoca prejuízos em Alagoas
PRF apreende dez toras de madeira ilegal, em São Miguel do Guamá, nordeste paraense
Dinâmica da semana do BBB 24 tem Poder da Palavra; confira a agenda
Pep Guardiola expressa vontade de treinar seleção: ‘Gostaria de disputar uma Copa do Mundo’
Ex- Paysandu, atacante fecha com adversário do Remo na Série C de 2024
MP diz que crimes sexuais no Pará estão acima da média e nega tráfico de órgãos no Marajó
BBB 24: Marcus Vinicius fala sobre amor por Belém e revela novos planos para a carreira
Monica Iozzi detona Neymar por doar dinheiro a Daniel Alves: ‘nojento’; assista
Farinha está mais cara em Belém, e preço deve continuar subindo nos próximos meses, aponta Dieese
Saiba como não cair em golpe ao registrar marcas e patentes; assista
OAB-PA realiza ato público em apoio a advogada que se desentendeu com delegado, em Castanhal
Arouca x Famalicão: onde assistir ao vivo e o horário do jogo hoje (23/02) pelo Campeonato Português
Torcida do Remo pede ‘público zero’ contra o Águia, em meio crise
Saiba como ter acesso a absorventes gratuitos no Pará
Next
Prev

River Plate deve ter retorno de 13 jogadores em jogo decisivo contra o Fluminense

Da escassez de atletas em um triunfo histórico, semana passada, à possível abundância. O River Plate deve ter contra o Fluminense o retorno de 13 dos 15 jogadores primeiramente infectados por covid-19 que desfalcaram a equipe na vitória por 2 a 0 diante do Santa Fe, partida em que o meio campista Enzo Pérez, machucado, foi utilizado como goleiro para fechar um time completo.

A equipe argentina deve ter boa parte dos atletas nesta terça-feira, às 19h15, em jogo que vale classificação às oitavas de final da Libertadores contra o Fluminense, em Buenos Aires, porque eles cumpriram o período de afastamento e 13 dos 15 jogadores não apresentaram sequelas em seus exames cardiológicos. A informação é do jornal argentino Olé.

Nessa lista, há três titulares: o goleiro Armani, o meia De La Cruz e o atacante Borré, além do zagueiro Rojas e o volante Zuculini, que costumam atuar com frequência. Apenas o zagueiro Díaz e o goleiro reserva Bologna tiveram problemas em seus exames e ainda não estão aptos a retornar aos gramados.

Existem ainda outros sete jogadores do elenco que se infectaram posteriormente, seguem cumprindo o período de isolamento e não vão enfrentar o Fluminense. São eles: os laterais Alex Vigo, Angileri e Montiel, os volantes Ponzio e Paradela, e os atacantes Beltrán e Londoño.

Os atletas serão submetidos a uma nova bateria de exames antes do jogo em Buenos Aires, mas não há a necessidade de apresentar o teste negativo depois de 10 dias de quarentena.

De acordo com o jornal Olé, o River vai mandar à Conmebol a Conmebol um comunicado detalhando as condições de saúde dos jogadores infectados e uma declaração do médico do clube Pedro Hansing, atestando que todos estão em condições de jogo com a apresentação dos exames cardiológicos.

Além disso, o técnico Marcelo Gallardo poderá contar com mais dois reforços: o zagueiro Pinola, recuperado de uma contusão no braço direito, e o atacante Fontana, que havia sido isolado com suspeita de covid-19, mas testou negativo.

Caso realmente tenha boa parte do elenco à disposição, a tendência é de que o treinador preserve Enzo Pérez, que ainda se recupera de uma lesão muscular e atuou no sacrifício e improvisado no gol diante do Santa Fe, para que não corra novamente o risco de ter um problema físico.

Na última rodada da fase de grupos, River Plate, Fluminense e Junior Barranquilla disputam duas vagas ao mata-mata da Libertadores. O time argentino lidera o Grupo D, com nove pontos, e precisa de um empate para avançar. A equipe carioca tem de vencer em Buenos Aires para se classificar. Caso contrário, terá de torcer por um tropeço dos colombianos, que enfrentam o Santa Fe, já eliminado.

*Com Informações Notícias ao Minuto

DEIXE SEU COMENTÁRIO

LEIA TAMBÉM