Últimas Notícias
Homem é preso suspeito de transportar entorpecentes dentro de rede, em Juruti
Tornado nos EUA mata cinco e devasta estado de Iowa
Petrobras: Comitê de Pessoas diz que Magda Chambriard preenche requisitos para comandar empresa
Em Belém, Alckmin anuncia que ‘Brasil será oitava economia do mundo até o fim de 2024’; assista
Demapa investiga morte de 7 gatos por suposto envenenamento em Belém
Devotos lotam Paróquia em celebração de Santa Rita de Cássia no bairro de Canudos, em Belém; assista
Egito ameaça deixar de ser mediador de acordo para cessar-fogo em Gaza
Marido de cantora gospel brasileira é preso nos EUA por abuso sexual contra criança 
Com mudanças na defesa, Paysandu está escalado para a final da Copa Verde contra o Vila Nova-GO
Alepa aprova Projeto que altera o Programa Estadual de Transporte Escolar no Pará
Mortos pela chuva no RS chegam a 162, diz Defesa Civil
Paysandu faz 3 a 0 no Vila e encaminha tetra da Copa Verde; acompanhe
Ensaio da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos é adiada por causa da elevação do rio Sena
Pará registra redução de 10% nos casos de violência doméstica nos primeiros quatro meses de 2024
Banda mexicana RBD se pronuncia sobre caso de desvio de dinheiro em turnê
Next
Prev

Roberto Mancini elogia a Espanha: ‘Mudou a geração, mas são jovens muito fortes’

Roberto Mancini, técnico da seleção da Itália, demonstrou muito respeito pela Espanha, adversária desta terça-feira, no estádio de Wembley, em Londres, pela semifinal da Eurocopa. Segundo o treinador, que não aponta favoritismo para nenhuma das equipes, o time espanhol sofreu mudança de geração, mas se mantém muito forte.

"Será uma partida complicada. A Espanha tem um estilo de jogo distinto da Bélgica. A Espanha é extraordinária, pois há anos se mantém forte. Tiveram agora uma mudança de geração, mas são jovens muito fortes", disse Mancini, nesta segunda-feira. "A Espanha tem uma forma de atuar, que domina o futebol pelo mundo faz tempo. Não vão mudar agora."

Mancini também revelou seu respeito pelo técnico espanhol Luis Enrique. "Ele é muito bom. Não somente por ter conquistado a Liga dos Campeões com o Barcelona (2015), mas também pelo fato de todas as suas equipes apresentarem um bom futebol. Creio que isso é o mais importante, pois demonstra sua capacidade."

Mancini conta em sua comissão técnica com Daniele De Rossi, que foi atleta de Luis Enrique na Roma. Apesar disso, o treinador afirmou não pedir conselhos para armar taticamente a Azurra para o duelo, que vai apontar um finalista da Eurocopa.

O técnico italiano admitiu que a ansiedade precisa ser controlada momentos antes do início da disputa. "Quando você chega a algumas horas antes do jogo é normal ter um pouco de tensão Pouco antes, não. Você deve estar focado, mas depois aumentar a tensão é o que há de bom nesses jogos", disse Mancini.

*Com Informações Notícias ao Minuto

DEIXE SEU COMENTÁRIO

LEIA TAMBÉM