Últimas Notícias
Osasuna x Villarreal: onde assistir ao vivo e as escalações do jogo de hoje (25/05) por La Liga
Jovem atacada com soda: saiba os perigos do ácido e o que fazer em caso de intoxicação
Tensão pós-enchente: especialista aponta risco de aumento de criminalidade no RS
Antônio de Oliveira, Elói Iglesias e Belém de Belém celebram o Norte e lançam ‘Eu Quero Ver No Pará’
Três pessoas são presas em operação contra o tráfico de drogas no Acará
Com bela atuação, seleção masculina derrota Sérvia por 3 sets a 1 na Liga das Nações de Vôlei
Noiva surpreende e distribui doces para alunos de academia em Capitão Poço, no Pará; assista
Departamento de Estado dos EUA aprova possível venda de helicópteros Black Hawk ao Brasil, diz Pentágono
Milton Neves se desculpa após postar foto fake de Jojo Todynho nua; ouça
Entenda quais são as medidas que o Tribunal da ONU emitiu para Israel
Justiça concede divórcio de Ana Hickmann e Alexandre Correa
Polícia prende homem que atacou acampamento pró-Palestina por agressão
Jogador de destaque na La Liga atuou com caco de vidro no pé por dois anos; entenda
Aviões militares chineses cruzam Estreito de Taiwan, diz defesa taiwanesa
CRM anuncia 'medidas cabíveis' após médico expulsar mãe e filho autista de consultório em Belém
Next
Prev

Uruguai anuncia que passará a negociar acordos de forma independente do Mercosul

O Uruguai anunciou nesta quarta-feira, 7, que passará a negociar acordos comerciais de forma independente do Mercosul, apesar de reiterar sua permanência no bloco. Em comunicado emitido pelo Ministério das Relações Exteriores uruguaio, o governo afirma que a decisão consiste em defender a modernização do bloco por meio de uma agenda de negociações externas "ágil, dinâmica, flexível e permanente".

Segundo a chancelaria uruguaia, em reunião de representantes do Mercosul, não foi aprovada a redução da tarifa externa comum (TEC), apesar de o Uruguai ter apoiado algumas das propostas apresentadas, que são "sempre entendidas como flexibilidade".

No comunicado, o argumento para a medida é o de que a resolução 32/00, que determina sobre livre comércio, nunca foi internalizada pelos membros plenos do Mercosul, portanto, não está em vigência. A norma determina que os Estados "entendam que é necessário priorizar as negociações em grupo, estabelecendo um prazo para a negociação dos acordos bilaterais".

Fonte: Notícias ao Minuto

DEIXE SEU COMENTÁRIO

LEIA TAMBÉM