Últimas Notícias
Caminhonete naufragada há dois meses é encontrada no Rio Xingu, no Pará
Ucrânia documentou mais de 300 casos de violência sexual das tropas russas
MP oferece denúncia contra PM da reserva que atirou em torcedor do Remo
Ministra da Segurança da Argentina visita maior presídio das Américas no Equador
Chefe da Otan quer armas nucleares de prontidão para se proteger de ofensiva da Rússia
Torneio ‘Amazônia Cup Internacional de Jiu-Jitsu’ reúne 2 mil competidores no Mangueirinho
Vídeo: Mbappé quebra o nariz durante jogo da Eurocopa
Paraense de oito anos celebra aniversário com tema de ‘Jacqueline Brazil’, repórter do tempo da TV Globo; assista
Luciano Huck critica PL do Aborto na TV e cobra Arthur Lira: ‘Criança não é mãe’
Filme live-action de Chico Bento ganha primeiro trailer; assista
Eleições na França: extrema direita lidera pesquisas de inteções de votos com 33%; Macron tem 19%
Ordem para matar PM em Ananindeua partiu de facção, diz PC
Trio é preso em flagrante suspeito de vários arrastões em Parauapebas
Suspeitos de envolvimento em plano de sequestro de Sérgio Moro morrem em penitenciária de São Paulo
Para fazer no frio: receita e benefícios do mingau de aveia proteico
Next
Prev

Verstappen se irrita por deixar escapar mais uma pole na Fórmula 1: ‘É a vida’

Desde a pole position na primeira corrida do ano e a conquista em Ímola, na Itália, o piloto Max Verstappen vem tirando "finas" do primeiro lugar nos treinos classificatórios, deixando escapar, mais uma vez, neste sábado, a chance de largar na frente – desta vez no GP de Mônaco.

O holandês de 23 anos se irritou porque teria mais uma chance de bater o tempo de Charles Lecrerc, da Ferrari, não fosse o acionamento da bandeira vermelha por causa, justamente, de um acidente envolvendo o monegasco, a poucos segundos do fim da última oportunidade de classificação.

Dentro do carro, via rádio, em comunicação com a sua equipe, Verstappen demonstrou profundo descontentamento com o acidente, proferindo palavras de baixo calão. Mesmo assim, ficou com o segundo lugar.

Depois, de forma mais calma, baixou o tom. "Claro, estou desapontado por não ter essa chance de pole, mas isso é a vida. Às vezes você não consegue. Está tudo bem", disse o piloto da Red Bull.

"Estava a um décimo e meio de distância ao entrar no túnel e sabia na volta anterior que cometi um erro na curva 10 ou 11, onde perdi mais de um décimo, então sabia que a pole position ainda era possível. Normalmente teria havido uma melhoria. Mas isso é 'teria, poderia, deveria ter'. Eu realmente não me importo com isso. O fato é que houve uma bandeira vermelha, é o que é", lamentou Verstappen.

Considerado um dos pilotos cotados para tirar o octacampeonato de Lewis Hamilton, o holandês largará na segunda posição em Mônaco, mas tem boas chances de recuperar os pontos e encostar no rival da Mercedes, que está 14 pontos à frente na classificação geral da Fórmula 1. Hamilton sairá na sétima posição na largada da corrida, a quinta etapa do calendário de 2021.

*Com Informações Notícias ao Minuto

DEIXE SEU COMENTÁRIO

LEIA TAMBÉM