Últimas Notícias
Dirigentes do Remo teriam procurado atleta do Águia antes da partida, revela executivo marabaense
Polícia Civil cumpre mandados de busca e apreensão contra receptação de celulares, em Marabá
Podzão debate empate do Paysandu e recuperação do Remo no Parazão; assista
Marcílio Dias x Vasco: onde assistir ao vivo e horário do jogo hoje (27) pela Copa do Brasil
Seduc divulga critérios para participação no programa ‘Bora Estudar’
PF captura três foragidos condenados por crimes sexuais no Pará
Em onda de violência, população do Equador sofre com abusos militares
Homem furta refletor de obra do BRT na BR-316, em Ananindeua; assista
Sebrae oferece capacitação a empreendedores do turismo local
Paysandu inicia venda de ingressos para partida contra o Castanhal, pelo Parazão
Joe Biden diz que informação sobre apoio de Taylor Swift é “confidencial”
FPF define data e horário da última rodada da primeira fase do Parazão; confira
Frutas brasileiras previnem doenças crônicas e problemas no intestino, diz estudo
BR-316 passa por intervenções nos dois sentidos da via até a próxima sexta (1º); veja as alterações
Ministro diz que é "falácia" envio de ativos russos para Ucrânia
Next
Prev

Orquestra Sinfônica Brasileira abre hoje a temporada artística de 2021

A Orquestra Sinfônica Brasileira retorna aos palcos nesta quarta-feira (26), no Rio de Janeiro, após mais de um ano sem apresentações presenciais devido à pandemia.

O primeiro concerto abre a temporada artística de 2021 às 20h, ainda sem a presença de público. A apresentação será transmitida ao vivo pelos perfis da OSB no Facebook e no Youtube. Na programação, obras de Mozart e do compositor brasileiro, Luiz Alvarez Pinto.

O diretor Executivo da Fundação Orquestra Sinfônica Brasileira, Gregório Tavares, acredita que em breve também o público poderá conferir de novo um concerto presencial.

Gregório Tavares afirmou que apesar das limitações impostas pela pandemia, desde março de 2020, os trabalhos da orquestra continuaram com grande interação do público no ambiente virtual.

O concerto de retorno aos palcos vai seguir todos os protocolos de segurança e terá um número reduzido de músicos.

Em formato de quinteto de cordas, o grupo vai interpretar o “Quinteto para Cordas nº4 K.516”, que Mozart escreveu em 1787. A obra do compositor austríaco foi escrita para o chamado "quinteto com viola", que consiste num quarteto de cordas mais uma viola adicional.

Na sequência, a obra Te Deum Laudamus (6 Peças Barrocas) do compositor pernambucano Luiz Alvarez Pinto, do século XVIII.

Com 80 anos, a Orquestra Sinfônica Brasileira é considerada um dos conjuntos sinfônicos mais importantes do país e já realizou mais de cinco mil concertos. Em abril de 2021, a OSB foi registrada como patrimônio cultural imaterial da cidade do Rio de Janeiro.

Fonte: Notícias ao Minuto

DEIXE SEU COMENTÁRIO

LEIA TAMBÉM